Veja a publicação da Abia e Rebrip sobre políticas de produção local de medicamentos

A Associação Brasileira Interdisciplina de Aids e a Rede Brasileira pela Integração dos Povos (REBRIP) estão lançando a publicação “`Políticas de Produção Local de Medicamentos no Brasil”. A edição serve de apoio para fortalecer o debate sobre este tema.

“Desde sua criação, em 2003, o Grupo de Trabalho sobre Propriedade Intelectual da Rede Brasileira pela Integração dos Povos (GTPI/Rebrip), coordenado pela Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA), tem se dedicado defender o direito à saúde, especificamente o acesso a medicamentos essenciais no Brasil e no Sul Global. Assim, sempre agimos no sentido de buscar formas de garantir a sustentabilidade de políticas de acesso, garantindo integralidade e universalidade. Desafios esses que tornaram-se ainda mais relevantes, na medida em que o Brasil passou a conceder patentes para produtos farmacêuticos a partir de 1996, uma vez que as patentes permitem aos laborató rios que as detêm fixarem altos preços por medicamentos essenciais.”, decreve a apresentação.

Para o acesso do material em PDF: http://deolhonaspatentes.org/wp-content/uploads/2017/06/livro_prod_med_web.pdf