Organizações apresentam situação de famílias em São José dos Campos (SP) atingidas por projeto do BID

Por Rogéria Araújo | Comunicação Jubileu Sul Brasil

A rede Jubileu Sul Brasil, Associação de Favela de São José dos Campos e o Centro de Informações sobre Empresas e Direitos Humanos estiveram semana passada em reunião com a organização Conectas Direitos Humanos, em São Paulo, para apresentar a situação de violações ocorridas com as remoções de 420 famílias das comunidades Nova Itatetuba, Detroite e Caparaó para o Jardim São José II.

Essas três comunidades foram removidas com a promessa de infraestrutura (escola, educação, transporte, emprego…) em acordo firmado, há 13 anos, entre a Prefeitura e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por conta do Programa Habitar http://www.iadb.org/pt/mici/complaint-detail-2014,1804.html?id=BR-MICI004-2011) que originalmente tinha como objetivo a reestruturação urbana.

À época da remoção, quando as famílias aceitaram assinar o termo de remoção com a promessa de melhores condições de vida, ao chegarem ao local se depararam com a situação precária desde falta de saneamento, iluminação e poucos equipamentos públicos. Com o passar do tempo a situação só piorou, levando inclusive em consideração o aumento da população na área.

Com o passar dos anos, a situação não melhorou. Agora, as organizações estão cobrando reparações por parte da Prefeitura de São José dos Campos e do BID, acionando entidades e organizações que possam auxiliar neste processo. Como encaminhamento desta reunião na sede do Conectas foram tirados os seguintes encaminhamentos: oficializar um documento para solicitar informações ao Banco sobre a situação atual das famílias e uma visita in loco para conhecer a realidade da região afetada, agendada para o próximo dia 24 de outubro.

A rede Jubileu Sul Brasil está realizando, junto às organizações do local, o projeto Articulação dos Sujeitos no Território, onde este tema da habitação/moradia é central para as famílias que estão sofrendo com as consequências do acordo.