Projeto “Nós, mulheres, na defesa e na luta por direitos” presente no 8 de Março

Por Rogéria Araujo | Comunicadora Rede Jubileu Sul Brasil Pela Vida das Mulheres – É com este lema que mulheres de todo o Brasil e do mundo inteiros sairão às ruas neste 8 de Março exigindo uma sociedade mais justa, sem machismos, sexismos, feminicidio e tantas outras formas de violência e preconceitos que reduzem o papel das mulheres. E é com esta força, vontade e coragem que os coletivos de mulheres que fazem parte do projeto “Nós, mulheres, na defesa e na luta por direitos” também se engajarão tanto na organização como na participação dos atos.

Atualmente, o projeto acontece em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, São José dos Campos (SP) e Fortaleza. A proposta é empoderar as mulheres, cultivando a auto-organização e identificando os problemas mais frequentes para elas, enquanto sujeitos, possam realizar demandas e obter resultados. Além de motivar para atuar em conjunto com organizações de mulheres em seus territórios.

O projeto “Nós, mulheres, na defesa e na luta por direitos” ocorre nos territórios de Porto Alegre, Belo Horizonte, Fortaleza, São Paulo e São José dos Campos e tem por objetivo realizar um ciclo de formação ao longo de um ano. O projeto é uma realização da rede Jubileu Sul Brasil com apoio do Instituto Irmãs da Santa Cruz, Adveniat, Cafod e DKA.

Confira nossa agenda de atividades:

Belo Horizonte

Dia 08/03 – Atividades “É pela vida das mulheres. Nenhum Direito a menos”
16h – Concentração na Ocupação Carolina Maria de Jesus
16h45 – Ato no local pelos movimentos que lutam por moradia
17h – Saída da marcha pela Afonso Pena
17h15 – Parada na Praça Tiradentes, onde haverá intervenção cultural contra os desmandos do governo Estadual.
18h – Ato em frente à PBH, em uma manifestação contra os desmandos da PBH, em especial, na educação, Saúde e assistência
18h30/18h40 – Chegada à Praça Sete para Unidade dos movimentos de mulheres no 8 de Março

intervenção contra a Reforma da Previdência.

São José dos Campos (SP)

Dia 08/03 – Ato “É pela vida das mulheres”, às 10h, na Praça Afonso Pena, no Centro

Dia 10/03 – Clube Dandara de Leitura Leia Mulheres, leitura de “A obscena senhora D”, às 16h, no Centro Dandara (rua Conselheiro Rodrigues Alves, 69)

Dia 26/03 – Segundas de Vivências Noturnas – Sarau aberto “Poesias Feministas”, às 19h, no Centro Dandara (rua Conselheiro Rodrigues Alves, 69)

Dia 30/03 – Roda de Mulheres do Centro Dandara, 18h, no Centro Dandara (rua Conselheiro Rodrigues Alves, 69)

Dia 30/03 – Fórum Municipal de Mulheres, às 19h30, no Centro Dandara (rua Conselheiro Rodrigues Alves, 69)

São Paulo

Dia 08/03 – Concentração na Praça Osvaldo Cruz, às 14h. De lá seguirá em marcha até o ato coletivo na Avenida Paulista.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fortaleza

Dia 08/03

Concentração às 8h, no Terminal Lagoa. A marcha “Pela vida das mulheres” terá como pontos centrais: o feminicídio, a defesa da democracia, contra o golpe e a intervenção militar e contra a reforma da previdência.

 

 

 

Porto alegre

Dia 08/03

7h – Caminhada “Mulheres tomam a Capital do RS”, com concentração na Ponte do Guaíba.

8h – Encontro da caminhada na Rodoviária de Porto Alegre. Segue para escrachos na Prefeitura, no Judiciário, no Palácio Piratini e na Assembleia Legislativa (término na Praça da Matriz).

15h – Grande Assembleia de Mulheres: Greve internacional 2018, na Esquina Democrática.

17h – Concentração e esquenta para o ato e caminhada das mulheres, na Esquina Democrática.