Projeto realiza oficina de cartografia social com mulheres imigrantes que moram em São Paulo

Por Rogéria Araújo | Comunicação Jubileu Sul Brasil

A cidade de São Paulo é um dos principais pontos de chegada de milhares de imigrantes vindos de vários países. Na cidade brasileira se deparam com inúmeras dificuldades, sobretudo as mulheres. Mas quais são os principais problemas enfrentados pelas mulheres que saem de seus países em busca de um futuro melhor? São questões como estas que a oficina “Cartografia Social com Mulheres Imigrantes na cidade de São Paulo” quer abordar. A atividade acontecerá no próximo dia 15 de abril, das 11h às 16h30, no Sindicato dos Advogados do Estado de São Paulo (rua Abolição, 167, Bela Vista). A entrada é gratuita.

A oficina faz parte do calendário de ações do projeto “Nós, mulheres, na defesa e na luta por direitos”, que, desde agosto do ano passado, vem se dedicando a diferentes públicos (catadoras, migrantes, indígenas, mulheres em situação de violência, etc.) com o objetivo de fazer uma cartografia ou diagnóstico social da realidade que as mulheres enfrentam em seus territórios. A realização desta oficina conta com a parceira da equipe de Base Warmis-Convergência das Culturas

A cartografia, ou diagnóstico social, servirá para mapear as questões que mais afetam as mulheres imigrantes para, a partir dos resultados, se possa através da auto-organização, identificar, solucionar e exigir do poder público local condições e acesso aos direitos das mulheres migrantes aos serviços públicos e, ao mesmo tempo, construir ou reforçar coletivamente formas de resistência diante dos principais problemas que resultarem do levantamento da cartografia.

O projeto

O projeto “Nós, mulheres, na defesa e na luta por direitos” ocorre nos territórios de Porto Alegre, Belo Horizonte, Fortaleza, São Paulo e São José dos Campos e tem por objetivo realizar um ciclo de formação e articulação das mulheres nos territórios ao longo de um ano. O projeto é uma realização da rede Jubileu Sul Brasil com apoio do Instituto Irmãs da Santa Cruz, Adveniat, Cafod e DKA.

Sobre a Warmis

A Equipe Base Warmis que faz parte do Organismo Internacional Convergência das Culturas tem por missão facilitar e estimular o diálogo entre as culturas, denunciar e lutar contra toda forma de discriminação e todo tipo de violência através da promoção e a proteção dos Direitos Humanos, o apoio à integração social e comunitária, a promoção da intermulticulturalidade na vida social, a promoção da Metodología da Não Violência Ativa promovendo ações para orientar mudanças positivas nos indivíduos e na sociedade.

Para saber mais:

contato@warmis.org

jubileusulbrasil@gmail.com