Cartilha produzida pela CSP-Conlutas traz direitos de refugiados e migrantes venezuelanos no Brasil

A caravana da CSP-Conlutas em Roraima de solidariedade aos refugiados e migrantes venezuelanos terá uma de suas principais atividades nesta nesta terça-feira (12), em Boa Vista (RR). Será o lançamento do “Guia de informações e direitos para refugiados e migrantes venezuelanos no Brasil”. A publicação será lançada às 14h, no Centro de Ciências Humanas da Universidade Federal de Roraima.

O guia, produzido em espanhol e em português pela CSP-Conlutas (confira abaixo), e que conta com o apoio da CPT (Comissão Pastoral da Terra), traz uma série de informações sobre os direitos de refugiados e migrantes venezuelanos que estão no Brasil.

A CSP-Conlutas defende que os governos devem garantir todas as condições para que os venezuelanos sejam acolhidos e tenham acesso à documentação, regularização de permanência, saúde, educação, emprego, entre outros direitos. A cartilha traz informações sobre quais são esses direitos.

Caravana a Roraima

O lançamento do guia faz parte da campanha “Nenhum ser humano é ilegal. Migrar é um direito”, aprovada pela direção da Central, que tem por objetivo levar apoio e solidariedade de classe aos venezuelanos que chegam ao país.

Uma delegação estará em Roraima nesta semana, de 11 a 15 de junho, para cumprir um calendário de várias atividades em solidariedade a esses trabalhadores(as). A viagem inclui uma programação com plenárias e debates, além de visitas a abrigos onde estão os refugiados e migrantes do país vizinho.

Para Lourival Ferreira, diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e do Mobiliário de Roraima (Sintracomo), filiado à CSP-Conlutas, que acompanha de perto essa realidade, a caravana marcará a atuação da Central no estado.

“É importante por que a CSP-Conlutas é uma entidade com alcance nacional e internacionalista, e isso dará visibilidade para que outros estados conheçam essa realidade, além de outros países. Esperamos realizar boas plenárias e audiências públicas para discutir temas que formem as pessoas e conscientizem que a vinda desses venezuelanos tem que ter o nosso apoio e é preciso combater a xenofobia que ainda ocorre por aqui”, salientou.

“Nossa central é internacionalista e tem como uma de suas premissas a solidariedade de classe como base de nossas ações. Por isso, essa caravana é importante para marcar esse nosso posicionamento e levar o apoio aos venezuelanos. Para nós nenhum ser humano é ilegal e migrar é um direito”, salientou o membro da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas Atnágoras Lopes.

As atividades da Caravana a Roraima poderão ser acompanhadas na página da CSP-Conlutas no Facebook:

Confira a programação:

Dia 11
8h – Visita aos abrigos em Boa Vista
18h – Plenária Sindical e Popular em solidariedade aos refugiados venezuelanos

Dia 12
8h – Visita aos abrigos em Boa Vista
14h – Audiência Pública e lançamento do “Guia de informações e direitos para refugiados e migrantes venezuelanos no Brasil” no Centro de Ciências Humanas da Universidade Federal de Roraima

Dia 13
Visita à Mucajaí (RR)

Dia 14
Visita à Pacaraima (RR)

Dia 15
17h – Universidade Federal de Roraima: Painel de apresentação inicial das atividades de solidariedade aos refugiados venezuelanos

Para baixar em PDF as versões em português e espanhol: 

0506-CARTILHA-BR-ESPELHADA

0506-CARTILHA-ESPANHOL-ESPELHADA