Rede Jubileu Sul denuncia violações de direitos humanos durante Fórum de Associação em Bruxelas

Delegação da Rede Jubileu Sul Brasil e América em Bruxelas, na Bélgica

Karla Maria | Rede Jubileu Sul Brasil

A Rede Jubileu Sul Brasil e América é signatária de um Convênio Marco de Cooperação (CMC) com o Setor de Cooperação e Desenvolvimento (DEVECO) da União Europeia e como entidade associada participou nos dias 25 e 26 de junho, do Partnership Forum 2018, em Bruxelas, na Bélgica, evento que busca maior articulação entre seus participantes e um entorno favorável sobre os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) e Agenda2030.

O fórum estimulou a abertura de diálogo e as possibilidades de colaboração da União Europeia em projetos locais que visam o Desenvolvimento Sustentável das cidades respeitando os direitos de seus cidadãos, além de possibilitar um amplo espaço de compartilhamento de boas práticas espalhadas pelo mundo.

“É um espaço de encontro com outras organizações que trabalham com os temas que as entidades membros da rede (Jubileu Sul Américas) trabalham. É sempre uma oportunidade de diálogo, de encontro, de debate, contribuição e de também trazer a nossa agenda da Rede que é cobrar as responsabilidades dos governos e das empresas sobre as violações de direitos, por meio de um modelo de desenvolvimento que não favorece os povos e as pessoas”, disse Rosilene Wansetto, coordenadora da Rede Jubileu Sul Brasil.

Ao lado de Rosilene, Camille Chalmers (PAPDA/Haiti), Everaldo Ulises Perez Piche (RACDES/El Salvador), João de Jesus da Costa (Consultor/Brasil), Martha Flores Recinos (Coordenadora regional do JSA e Intipachamama/Nicarágua) e Sandra Maria Quintela Lopes (JSB/PACS/Brasil) compuseram a delegação representando o Jubileu Sul América.

“Tivemos a oportunidade de apresentar o trabalho que realizamos em uma feira, onde todas as entidades membro do CMC puderam expor seus matérias, vídeos, documentos, compartilhar com outros parceiros”, disse Rosilene. A Rede Jubileu Sul Brasil apresentou um vídeo denunciando as violações de direitos que têm sido cometidas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em conjunto com a prefeitura de São José dos Campos.

“Denunciamos esse modelo de financiamento do BID para o desenvolvimento das cidades sem uma consulta popular, sem um debate com a sociedade”, disse Rosilene, que denunciou também o assassinato da vereadora Marielle Franco, no Rio de Janeiro, além da situação política e de violência que o país atravessa.

“Tivemos a oportunidade de denunciar o estado não democrático que estamos vivendo no Brasil, esse (des)governo ilegítimo do Michel Temer que está destruindo os direitos conquistados historicamente pelo povo brasileiro. Foi um momento oportuno para apresentar a situação de violação de direitos que estamos sofrendo no Brasil, de morte, assassinatos, militarização, de  violência contra a população negra, contra a juventude, contra as mulheres”.

O Partnership Forum acontece anualmente e com a presença de sócios partícipes do Convênio Marco de Cooperação. A Rede Jubileu Sul assinou o convênio em 2016 e participará de um programa de Fortalecimento da Rede Jubileu Sul/Américas para o desenvolvimento e soberania dos povos latino-americanos e caribenhos. Ele acontecerá por meio de um apoio técnico e institucional da União Europeia por quatro anos e terá como objetivos:

– Promover um ambiente favorável para as organizações da Sociedade Civil (OSC) para contribuir para um desenvolvimento justo e sustentável para os povos;

– Fomentar a participação das OSC em processos internacionais e na formulação de políticas nacionais que contribuam para o desenvolvimento justo e sustentável;

– Aumentar a capacidade das OSC locais e fortalecer e desenvolver alianças regionais e mundiais que permitam melhorar seu papel como atores independentes do desenvolvimento;

– Estimular o fortalecimento da articulação dos membros da Rede Jubileu Sul Américas em suas regiões em torno das lutas dos territórios relacionados ao desenvolvimento sustentável e aos direitos humanos.

Para atingir tais objetivos, foi criado um plano estratégico com três programas que visam o Fortalecimento e a autonomia da Rede Jubileu Sul/Américas; a Incidência em torno da dívida pública e das privatizações e a Mobilização social sobre os aspectos negativos dos megaprojetos.

Confira algumas fotos do Partnership Forum 2018 tiradas por Everaldo Ulises Perez Piche.