Assista ao vídeo “Juventudes na 5ª Semana Social Brasileira”

A coordenação da 5ª Semana Social Brasileira divulga mais um vídeo com o objetivo de mostrar o rosto jovem do Brasil. Clique aqui e assista ao vídeo.

folder que apresenta a participação dos jovens na 5ª SSB diz “Hoje somos cerca de 53 milhões de jovens

no Brasil. Muitos de nós estamos inseridos/as em diversas frentes de luta por questões relevantes para a juventude brasileira, mas é necessário provocar nos jovens o desejo especial por participar desta 5ª SSB, pois ela nos ajuda a aprofundar o que parece ser mais essencial, que é a discussão e a possibilidade de construção de um novo Estado. Precisamos compreender nosso papel fundamental no futuro, mas também no presente da sociedade brasileira, construindo juntos/as este novo jeito”.

Jovens sujeitos e protagonistas da construção de uma sociedade fraterna, justa e solidária

Os/as jovens devem ser entendidos/as também como sujeitos/as protagonistas da construção de uma sociedade de fato fraterna, justa e solidária. A parcela que mais sofre é a juventude, pois vive uma situação de desemprego, precarização do trabalho, educação precária, violência e extermínio, predominantemente a negra. O maior responsável por essa situação que se encontra a juventude é o modelo desenvolvimentista implantado no Brasil, cujas bases encontram-se no modelo de produção e consumo capitalista-imperialista. Este modelo está baseado na acumulação do capital, especialmente pelos bancos e multinacionais, que aliados aos governos, promovem voraz ataque às riquezas e ao território, provocando injustiças socioambientais e o empobrecimento da juventude rural e urbana, em especial os jovens negros, mulheres e indígenas. Sabemos que o governo brasileiro tem avançado quando se trata de Juventude. Conseguimos, ao longo dos últimos anos grandes conquistas, que só foram possíveis com a mobilização das organizações juvenis de todo o país.

Termo “jovem” na Constituição Federal, a criação do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve) e a Instituição da Secretaria Nacional de Juventude

Conseguimos inserir o termo “jovem” na Constituição Federal, a criação do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve) e a Instituição da Secretaria Nacional de Juventude. Mas ainda falta muita coisa! Ainda está em tramitação no Congresso Nacional o Estatuto da Juventude e o Plano Nacional de Juventude, que visam implementar de forma mais concreta as Políticas Públicas que construímos ao longo destes anos de luta. Mesmo com estes avanços, devemos compreender que o Estado, da forma como está organizado hoje não consegue responder às demandas mais essenciais da sociedade, nem da juventude, isso porque, como já falamos, está alinhado com um modelo de desenvolvimento que só beneficia os mais ricos. É necessário então nos engajarmos na Semana Social, para que possamos avançar também na construção deste novo modelo de sociedade, fundada na fraternidade, na justiça e na solidariedade.

Processo de construção da 5ª Semana Social Brasileira

A 5ª SSB é um processo nacional que está em curso desde 2011 em todo o Brasil e promove a participação ampla de pessoas e entidades, a abertura ao ecumenismo e diálogo inter-religioso, o pluralismo de ideias e valores, o exercício do debate democrático em todas as instâncias e o ensaio coletivo de iniciativas transformadoras. O momento de encerramento dos trabalhos da 5ª Semana acontecerá em agosto de 2013 de 2 a 5 de setembro.

Agenda

• 2013: Campanha da Fraternidade “Fraternidade e Juventude”;

• Primeiro semestre de 2013: Seminários e Semanas Sociais Regionais;

• 23 a 28 de julho: Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro;

• 02 a 05 de setembro de 2013: Semana Social Brasileira, a nível nacional.

Mais informações acessar www.semanasocialbrasileira.org.br