Venezuela: A Cruz Vermelha na Colômbia não participará da operação dos EUA porque “não é uma ajuda humanitária”

Por Nodal Notícias de América latina e Caribe

O chefe da delegação do Comitê Internacional da Cruz Vermelha na Colômbia, Christoph Harnisch, apontou que a instituição não participará na distribuição de nenhuma assistência que chegar à nação colombiana vinda dos Estados Unidos por considerar que essa “ajuda” não é humanitária.

“Nós não participamos daquilo que para nós não é uma ajuda humanitária”, pontuou. Harnisch explicou que o termo “humanitário” deve ser protegido pelos princípios fundamentais dessa organização, com  independência, imparcialidade e neutralidade.

“Para nós é importante que haja realmente um respeito pelo termo humanitário e um respeito pelos princípios que são fundamentais”, disse ele. A seguir, o texto completo de um comunicado conjunto emitido pelo Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho na Colômbia:

“O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho na Colômbia reafirma que, para garantir o cumprimento de sua missão exclusivamente humanitária e de acordo com os Princípios Fundamentais de Imparcialidade, Neutralidade e Independência, não pode participar nas iniciativas de entrega de assistência levantada para a Venezuela da Colômbia, sem que haja um acordo prévio com o movimento.