Curso “O Estado Financeirizado” marca 15 anos de atuação da rede Jubileu Sul Brasil

 

Logo Jubileu Sul lema e 15 anos 4Começa em São Paulo, nesta quarta-feira (19), o curso “O Estado Financeirizado”, que tem por objetivo debater os processos de financeirização e endividamento crescente pelo qual passam vários países. A atividade contará com a participação de assessores que abordarão o conteúdo teórico do programa, através de aulas expositivas, oficinas e exibição de vídeos. O curso acontece dentro da programação de celebração dos 15 anos da rede Jubileu Sul Brasil. As inscrições podem ser feitas até amanhã, com colaboração solidária – não obrigatória – de R$50,00.

De acordo com a rede Jubileu Sul Brasil, o curso se realiza num contexto onde é importante o aprofundamento sobre as dinâmicas de financeirização e endividamento que continuam existindo nos países da América Latina, acentuando um já marcado processo de dominação sobre populações mais pobres, aumentando a exclusão e fortalecendo a economia neoliberal.

Dentro desse contexto, é necessário, ainda, compreender qual o papel e responsabilidade do Estado diante dessas iniciativas e o que é possível fazer para fortalecer a luta e a resistência a partir de todo o acúmulo que os movimentos sociais, pastorais e outrasarticulações vêm travando em torno do modelo de desenvolvimento, inclusive sobre os megaeventos e projetos.

Jubileu Sul Brasil – 15 anos

Para marcar os 15 anos da rede será lançada na noite do dia 20 a edição especial “Jubileu Sul 15 anos – Histórias, reflexões e resistência contra toda forma de dominação”. A publicação reúne artigos e depoimentos, feitos com valiosas contribuições, que retratam a trajetória feita pela rede ao longo de todo esse período.

São apoiadores desta atividade a Cafod, Fastenopfer, Fundação Heinrich Boll e Instituto de Políticas Alternativas para o Cone Sul (PACS). São parceiros da iniciativa a Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa e Olimpíadas, 5ª Semana Social Brasileira (SSB)/Pastorais Sociais e Grito dos Excluídos.

A rede

Jubileu Sul Brasil é uma rede com organizações, campanhas e movimentos sociais que atuam em países da América Latina e Caribe, África e Ásia. Formalmente constituído em 1999, o Jubileu nasce tendo como objetivo principal o cancelamento das dívidas dos países do Sul Global. No Brasil, a constituição da rede é fruto de um rico processo de debate sobre a dívida nos anos de 1990, promovido por organizações sociais e populares.

Programação

Dia 19/novembro

Tarde: chegada e recepção

19h – Jantar

Dia 20/novembro

9h – A formação do Estado e sua atualidade

Assessoria: Miguel Borba de Sá

Miguel Borba de Sá(historiador e professor da PUC/Rio de Janeiro e membro da equipe do PACS/RJ)

12h30 Almoço

14h – O estado e atualidade do endividamento – Quem está pagando a conta dos megaeventos e projetos?

Assessoria: Francisco Carneiro de Felippo (economista pela Unicamp eda coordenação da Rede Jubileu

Sul Brasil, membro do Comitê da Copa do Distrito Federal)

20h – Celebração dos 15 anos da rede, com lançamento da revista “Jubileu Sul 15 anos – Histórias, reflexões e resistência contra toda forma de dominação”; Dia da Consciência Negra; e apresentação musical “Cantoria Brasileira” com Cícero do Crato, Pedro Munhoz e Zeca Rocha.

Dia 21/novembro

9h- A situação do endividamento na nossa região – caso emblemático da Argentina com os ‘Buitres’ e intervenção jurídica dos Estados Unidos

Assessoria: Martha Beatriz Flores Recinos(Jubileu Sul Américas – Nicarágua) e Beverly Keene (Diálogo 2000-Argentina)

11h – BRICS, G20, Banco do Sul: Desafios da arquitetura financeira atual

Assessoria:Luis Fernando Novoa Garzon (mestre em Ciências Políticas naUnicamp; professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de  Rondônia)

12h30 Almoço

14h – A financeirização da natureza X mudanças climáticas (COP 20 e 21 e as metas pós 2015)

Assessoria:Camila Moreno (ambientalista e ativista do grupo Carta de Belém)

19h30 – Exibição do vídeo “Privatizações – a Diáspora do Capital”

Dia 22/novembro

9h – A Alternativa socioeconômica para o enfrentamento, impactos cotidianos do modelo atual da ação do Estado para instrumentalizar as lideranças no trabalho de formação.

Assessoria: Sandra Quintela (economista do PACS e da coordenação da Rede Jubileu Sul Brasil)

14h- Encerramento

Serviço:

Local: Centro de Formação Sagrada Família

Rua Pe. Marchetti,  237, Ipiranga

Mais informações: jubileusulbrasil@gmail.com

www.jubileusul.org.br

Contatos:

Rogéria Araújo – 85 – 9813-4966

Francisco Vladimir – 85 – 9969-7804

A seguir

[NOTÍCIAS] Pastoral dos pescadores lança documentário "Vento Forte"

[NOTÍCIAS] Pastoral dos pescadores lança documentário "Vento Forte"