Estado e mídia estão no lema do Grito dos/as Excluídos/as neste ano de 2015

grito300“Que país é este que mata gente, que a mídia mente e nos consome?”. Este é o lema do 21º Grito dos Excluídos definido na última reunião da coordenação nacional, ocorrida no dia 27 de fevereiro. A escolha partiu de uma amplo debate com contribuições de representantes de vários estados brasileiros.

De acordo com a secretaria nacional do Grito dos Excluídos, o país vive um momento importante e se aprofundar no que representa o papel do estado, o interesse da mídia e o fator consumo é um debate que se faz cada vez mais urgente.

“O lema vai dialogar com a população, pautar as questões do extermínio da juventude negra e pobre, continuar o debate do papel do Estado, a questão da mídia burguesa e a democratização dos meios de comunicação e, ainda, a questão dos padrões de consumo…onde tudo isso leva o povo”, afirma Karina Silva, da secretaria nacional do Grito.

A partir da escolha, os movimentos sociais e organizações vão trabalhar em suas cidades como se mobilizarão em torno do lema. O Grito dos/das Excluídos/as acontece em todo o Brasil no dia 7 de Setembro, data oficial da independência do Brasil.

Para saber mais sobre o processo e história do Grito dos Excluídos: http://www.gritodosexcluidos.org

Por Rogéria Araujo, Rede Jubileu Sul Brasil

A seguir

Racionamento de água, incompetência e o Arco Metropolitano

Racionamento de água, incompetência e o Arco Metropolitano