Nota da Rede Jubileu Sul Brasil em repúdio à expulsão dos diplomatas venezuelano do Brasil

A Rede Jubileu Sul Brasil repudia de forma categórica a expulsão dos diplomatas venezuelanos do território brasileiro pelo governo de Jair Bolsonaro. Os representantes diplomatas, do legítimo governo de Nicolás Maduro, foram soberanamente indicados por sua nação e não podem ser substituídos por uma comissão de figuras que compactuam com os ataques sistemáticos a democracia na Venezuela.

A ingerência promovida por este ato viola os princípios das relações internacionais, a Constituição Brasileira, a Convenção de Viena, além da Carta das Nações Unidas. Fecha as portas para a cooperação entre os povos do nosso continente e coloca em desalinho um histórico de décadas de paz vivido entre os países vizinhos na América Latina e demonstra, mais uma vez, a subserviência de Bolsonaro aos desmandos do governo estadunidense.

A ação pode ser caracterizada como mais um golpe imperialista contra a soberania e autodeterminação do povo da Venezuela liderado pelos Estados Unidos, que arbitrariamente impõem ao país um bloqueio econômico, sustentado em negociatas com empresas multinacionais, bancos e petrolíferas.

O povo e o governo da Venezuela vêm mostrando um verdadeiro compromisso de valorização da vida frente a pandemia de Covid-19, já que até agora foram confirmadas apenas 10 mortes ocasionados pelo vírus, enquanto esse número no Brasil, onde a opção está sendo pela ‘garantia da economia’, já ultrapassa a casa dos 5 mil óbitos pela doença. A Venezuela é o país com menor taxa de contágio na América Latina, tendo realizado mais de 400 mil testes de diagnósticos, cifra muito superior aos cerca de 180 mil anunciados pelo Ministério da Saúde do Brasil.

Aos 28 companheiros e companheiras venezuelanas que representam sua nação em nosso país, e aos milhões de irmãos e irmãs desse nosso país vizinho, toda a nossa solidariedade! SEGUIREMOS JUNTOS!

Rede Jubileu Sul Brasil

A seguir

Rede Jubileu, Cáritas Brasileira e Sindipetro realizam ação de solidariedade no Quilombo Rio dos Macacos, na Bahia

Rede Jubileu, Cáritas Brasileira e Sindipetro realizam ação de solidariedade no Quilombo Rio dos Macacos, na Bahia