1. Tem que ser averiguado mesmo com todo rigor, mas reparo que nas décadas em que o tráfico dominava absoluto e sumiam dezenas ou centenas de pessoas por ano, não se via partido emergente ou vestais éticos exigindo saber dos seus paradeiros. Ética seletiva? … Ou oportunismo político? Ainda hoje somem dezenas de pessoas pobres nas mãos das ‘policias mineiras’ e dos ‘esquadrões da morte’, mas não se vê um movimento sério fazendo campanha contra isso. Ah, entendi, era só oportunismo político mesmo …

Fechado para comentários.

A seguir

Chacina da Candelária completa 20 anos com autores soltos

Chacina da Candelária completa 20 anos com autores soltos